Guia de guidões para bicicletas de estrada


Eles são mais que apenas lugares para você colocar seus freios.

Bicicletas de estrada são comumente vendidas sem pedais. Mais do que abaixar os preços, fábricas de bike sabem que ciclistas são exigentes na escolha de pedais. Por que somos tão exigente sobre um ponto, e frequentemente apenas ignoramos outro ponto igualmente importante? Levando isso em consideração, é minha opinião que as bicicletas de estrada também deveriam ser vendidas sem o guidão.

Independentemente de sua bicicleta ser de nível iniciante, premium ou totalmente personalizada, são os cinco pontos de contato entre você e sua bicicleta que irão garantir o conforto e eficiência do seu treino.

Suas guidões são mais do que apenas um lugar para pendurar sua marcha e os freios (embora estes sejam essenciais). Eles também são fundamentais na estabilidade da bicicleta e nas características de condução. Além disso, um guidão bem ajustado permitirá horas de pedaladas confortáveis.

No entanto, se ele estiver na posição errada você provavelmente vai sofrer com dor no pescoço, nos ombros e dor na lombar, para não mencionar o risco da síndrome do canal cubital (ou neuropatia ulnar - dormência dos dois dedos menores devido à compressão ou tração do nervo ulnar já que ele passa na mão, com ou sem fraqueza muscular).

Quando estiver escolhendo o guidão, sugiro que siga as dicas seguintes

Como escolher a largura do seu guidão

Existe muita confusão sobre a importância da largura do ombro ao escolher a largura do guidão.

Na prática, não consigo lembrar de um ciclista que sofre de uma tensão excessiva do ombro usando um guidão muito largo. Na verdade, eu tenho muitos clientes de ombros estreitos obtendo sucesso usando um guidão de 730mm em suas mountains bikes, felizmente com confiança adicional deixando de fora as suas bases devido à estabilidade oferecida por ter uma ampla plataforma sob suas mãos.

O mesmo se aplica quando na estrada, quando um guidão largo oferece estabilidade e confiança para um ciclista inexperiente, desconsiderando o tamanho ou largura do ombro. Eu geralmente coloco guidões largo em pessoas que apresentaram tensão nos ombros, dor no pescoço, na mandíbula e fadiga na mão como um ‘aperto da morte’ por conta do guidão estreito. Isto é talvez mais notado em bicicletas femininas, que vem com guidões estreitos para se adequar à ombros estreitos.

Como escolher a forma do seu guidão

Demorou um tempo, mas os fabricantes estão finalmente percebendo que a maior parte das lojas de bicicletas não são de ciclistas de elite. Até recentemente, a maioria das bicicletas relacionada a fraternidades de corrida através de uma combinação de caixas de direções baixas com uma barra e combinação de mesa que oferece a posição mais aerodinâmica possível quando pedalar no contra vento.

Na maioria dos casos, não existiu atenção em relação ao conforto ao pedalar contra vento. Tudo isso mudou quando a FSA e a 3T ofereceram o Omega e o Ergonova respectivamente, iniciando uma tendência de barras curtas (ou compactas) de ombro-curto e rasas em novas bicicletas

Este hardware considerado mais ergonomicamente, especialmente quando feito com uma geometria de bicicleta 'resistência', permite até mesmo o mais dedicado trabalhador de escritório a pedalar confortavelmente nos fins de semana até mesmo em percursos irregulares.

Isso também significa que você pode realmente alcançar esta posição sem os joelho tocarem no seu queixo. Esta é uma posição absolutamente crítica, pois oferece a maior vantagem nas alavancas de freio na descida.

Como configurar seu guidão

Quando tiver a opção, opte por barras compactas com uma mesa mais longa em vez de uma mesa mais curta com uma barra para ombros longos. Isso permite um fácil controle quando pedalando em subidas, bem como um melhor manuseio da bicicleta, uma boa postura do tronco e fácil acesso às alavancas do freio ao em uma posição aerodinâmica.

Se você é novo no ciclismo de estrada, comece com um barra que é mais larga do que seus ombros depois mude para uma mais estreita conforme suas habilidades melhorarem (embora melhor deixar as barras de 36 centímetros para o ciclista pro rider Adam Hansen).

Você deve posicionar suas bar ends para que haja uma superfície contínua, nivelada do ombro da barra para as bar ends. Certifique-se de que a mudança da superfície da barra / bar end esteja um ou dois graus acima da horizontal. Isso permite uma bom suporte para a mão e coloca seus pulsos em uma posição muito mais natural quando chegar para os controles.

Fitas para as barras também tem um enorme impacto sobre a pressão exercida na mão e fadiga. Recomendamos cortiça ou outra fita fácil de agarrar. As pastilhas de gel também podem ser usadas para absorver a vibração da estrada, mas certifique-se de que elas estejam posicionadas de tal forma que não causem pontos de pressão.

Quando se trata de seleção do guidão, é melhor evitar qualquer coisa muito enfeitado .

As barras-mesas de carbono integrada podem ser interessantes no inicio , mas como sua posição é fixa, eles são um pesadelo para os ciclistas. Qualquer coisa muito aerodinâmica também tende a negligenciar um pouco a ergonomia, e as curvas apertadas do cabo interno de encaminhamento criam constrangimentos para mecânica e fracos deslocamento para o ciclista. É melhor expressar sua individualidade com estampas zany do sapato ou das meias, não com as peças da bicicleta que impactam em sua segurança e conforto.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • Strava
  • White YouTube Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now